Campinas tem 154 casos confirmados de dengue em 2020, sem óbitos

A Secretaria de Saúde de Campinas (SP) atualizou nesta segunda-feira, 17 de fevereiro, os casos de dengue no município. O novo boletim epidemiológico mostra 154 casos confirmados no período de 1º de janeiro a 14 de fevereiro de 2020. Não há óbitos. A região mais afetada é a Norte, com 43 casos, seguida da Leste, com 33, e da Sudoeste, com 29.

“A população deve estar muito atenta às suas casas e à presença de criadouros, já que está muito calor e houve período de muitas chuvas. É importante não deixar água parada, para reduzir os criadouros e evitar o aumento do número de casos de dengue”, ressaltou a diretora do Departamento de Vigilância em Saúde, Andrea Von Zuben.



A Secretaria de Saúde tem atuado em diversas frentes com o objetivo de eliminar os criadouros e evitar a proliferação do mosquito da dengue. As atividades envolvem o controle de criadouros, orientações à população, capacitação de médicos e enfermeiros da rede pública e privada para o manejo clínico do paciente com dengue e alertas sobre áreas de risco.

Os alertas foram criados para divulgar rapidamente para a população as novas áreas de risco de transmissão da dengue, identificadas após as análises técnicas da equipe de saúde, para que a população intensifique os cuidados e a eliminação de criadouros. Também foi criado um hotsite com informações sobre o que a Prefeitura de Campinas está fazendo e como cada cidadão pode colaborar para combater a dengue. O endereço é o https://dengue.campinas.sp.gov.br/ .