Indaiatuba suspende decreto que permitia funcionamento de diversos comércios e serviços

O prefeito de Indaiatuba (SP) suspendeu o decreto que flexibilizava o funcionamento do comércio na cidade. De acordo com o prefeito Nilson Gaspar (MDB), ele teve que voltar atrás por conta do decreto estadual de quarentena.

O prefeito também recebeu uma notificação através de Ofício Especial da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional, na qual pedia a revogação do decreto.



Com a revogação do decreto, a cidade segue a quarentena determinada pelo Governo do Estado, que continua até 10 de maio.

A cidade tem 30 casos confirmados e dois óbitos.