PM ajuda jovem a realizar transplante esperado há 11 anos

Jhennety, de 21 anos, se deslocou de viatura da cidade de Santo André até o centro da capital paulista em 30 minutos

Com ajuda da Polícia Militar, Jhennety, de 21 anos, conseguiu chegar até Instituto do Coração de São Paulo – Incor, no centro da Capital, em tempo recorde para realizar transplante de pulmão que ela aguardava havia 11 anos. Os fatos ocorreram no último sábado (4), após a jovem e sua mãe ligarem para o Centro de Operações da Instituição (Copom) em busca de auxílio.



A equipe que protagonizou essa ocorrência pertence ao 10º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (BPM/M). Os militares foram acionados pelo Copom para garantir que a jovem chegasse à unidade médica o mais rápido para a operação e, imediatamente, foram até a sua casa, no bairro Vila Guiomar, em Santo André. No local, os PMs colocaram Jhennety e sua mãe em uma viatura e seguiram até o hospital, localizado no bairro Cerqueira César, em São Paulo.

Com a habilidade e técnica na condução da viatura, aliado ao uso dos sinais de emergência, o socorro foi um sucesso. Mãe e filha chegaram a tempo no Incor e a jovem pôde receber o tão esperado pulmão.

“Nós estamos acostumados a atender outros tipos de ocorrência, mas quando soubemos do que se tratava nos sensibilizamos com a família e a jovem, que só tinha 11% do pulmão funcionando”, disse o sargento Claudinei Pereira, integrante da equipe que atuou no socorro. “Foi muito emocionante e gratificante poder ajudá-la. Isso nos marcou muito”, completou.