Quarentena é prorrogada até 28 de junho no estado; Hortolândia não recua no Plano SP

O governador João Doria (PSDB) anunciou na tarde desta quarta-feira (10) a quinta prorrogação da quarentena no Estado de São Paulo.



Agora, o período de restrições por conta da pandemia de coronavírus vai até o dia 28 de junho. Também será alterada a classificação de diversas regiões e cidades no Plano São Paulo de retomada gradual das atividades econômicas.

Hortolândia segue incluída na fase laranja, com flexibilização e reabertura de alguns setores da economia.

A Grande São Paulo, o Litoral Paulista e a cidade de Registro vão passar da fase vermelha (mais crítica) também para a laranja (com menos restrições) a partir da próxima segunda-feira (15).

Já as cidades de Barretos, Presidente Prudente e Ribeirão Preto, todas no interior, recuaram no plano e foram reclassificadas na fase vermelha devido ao aumento da propagação do coronavírus. Com isso, volta a ser proibida a abertura do comércio não essencial nessas cidades.

“O governo de São Paulo decreta nova quarentena de 15 a 28 de junho, será o quinto período de quarentena no estado de São Paulo, esta nova quarentena será denominada quarentena heterogênea, onde será aplicado o Plano São Paulo”, disse o governador.

De acordo com ele, a retomada consciente da economia por fases e por regiões, conforme prevê o plano São Paulo, deve ser feita com “com cuidado, com segurança e dentro dos limites determinados pela ciência e pela medicina”. “Dessa orientação nós não nos afastaremos”, disse Doria.