Rota das Bandeiras faz campanha de orientação a romeiros na rodovia D. Pedro I

Fiéis utilizam rodovia no percurso até a basílica de Nossa Senhora Aparecida

A Concessionária Rota das Bandeiras, empresa responsável pela administração do Corredor Dom Pedro de rodovias, faz durante esta semana uma campanha de orientação aos romeiros, que utilizam a rodovia D. Pedro I (SP-065) em caminhadas rumo à basílica de Nossa Senhora Aparecida. Mesmo com a programação online, como forma de evitar aglomerações neste período de enfrentamento ao coronavírus, um grande número de fiéis é aguardado na basílica nos próximos dias.



A Concessionária faz o monitoramento por meio das câmeras do Centro de Controle Operacional (CCO). As equipes de inspeção, que trafegam 24h por todo o Corredor Dom Pedro, também têm abordado os pedestres, dando dicas de segurança. Para alertar os motoristas sobre a presença de romeiros, a Concessionária fará a divulgação em seus painéis de mensagem variável (PMVs).

A orientação é para que a caminhada seja feita pela pista norte (sentido Campinas), no contrafluxo dos veículos, preferencialmente pelo gramado lateral, com proteção de defensas metálicas ou barreiras rígidas.

Movimento no feriado

A previsão da Concessionária é de que 613 mil veículos trafeguem pelo Corredor Dom Pedro durante o feriado prolongado, entre sexta (9) e segunda-feira (12). O maior movimento será na D. Pedro I, com a passagem de 423 mil veículos. Pela Prof. Zeferino Vaz (SP-332), são aguardados 93 mil motoristas. Na região de Jundiaí, a Eng. Constâncio Cintra (SP-360) deve contar com 77 mil usuários, enquanto a Romildo Prado (SP-063) deve ter a presença de 20 mil motoristas.

A Operação Especial terá início à 0h de sexta-feira. Guinchos e ambulâncias estarão disponível em pontos estratégicos, para auxiliar os usuários em casos de acidentes ou problemas mecânicos. Caso precisem de auxílio, motoristas e romeiros podem entrar em contato com a Concessionária por meio do 0800-770-8070.

Confira outras orientações aos romeiros

Caminhe em fila indiana, o mais distante possível da pista e do acostamento;

Use roupas claras e coloridas. Se possível, use faixas refletivas. Aumente ao máximo a sua visibilidade para os motoristas;
Evite fazer a caminhada após as 18h, por conta da baixa visibilidade;

Descanse fora da rodovia. Se houver veículo de apoio, estacione-o em local seguro, nunca no acostamento;

Mantenha a atenção redobrada;

Se chover, interrompa a caminhada. Os riscos são maiores com pista molhada

Fonte: Assessoria Rota das Bandeiras