Denúncia anônima leva a polícia localizar dois corpos em estado avançado de decomposição em mata de Cabreúva


Dois corpos em estado avançado de decomposição foram encontrados na tarde desta quinta-feira (3), na estrada da fazenda Guaxinduva, no bairro Cururu, em Cabreúva (SP). No bolso da calça de uma das vítimas estava o documento de um Guarda Municipal desaparecido em Vinhedo desde janeiro de 2018.



Segundo a polícia, o documento é de Vagner Fernandes e um exame de DNA deve confirmar se o corpo é do Guarda desaparecido. Um inquérito policial será instaurado e o caso será investigado com base nos laudos.

De acordo com o delegado Luciano Carneiro de Paiva, investigadores da cidade e da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) foram até a área de difícil acesso.

Os policiais identificaram que as vítimas estavam embaixo de pedras. A perícia e o Instituto Médico Legal (IML) também estiveram no local.

Desaparecido

No dia 23 de janeiro do ano passado, a esposa do GCM de Vinhedo registrou um boletim de ocorrência por desaparecimento.


Segundo o relato dela à polícia, Vagner saiu de casa de moto e foi visto pela última vez em um bar no bairro Barra Funda.

Em fevereiro, dois homens foram presos suspeitos de um roubo de R$ 30 mil a uma banca de frutas da Central Estadual de Abastecimento (Ceasa), em Jundiaí (SP).

Na ocasião, a arma usada no crime era do GCM desaparecido. A pistola 380 tem a inscrição da GCM e é do mesmo calibre das balas disparadas por um dos bandidos na hora da fuga.

Na época, a moto de Vagner foi localizada queimada em um matagal, também em Itupeva. Moradores acionaram a Guarda Civil Municipal e apontaram a localização do veículo.

Por G1