Ajudante de pedreiro é morto a tiros em Sumaré

O ajudante de pedreiro Gilmar Batista Fernandes, de 35 anos, foi morto a tiros na noite desta segunda-feira, no Portal Bordon, em Sumaré. O homicídio aconteceu no momento em que Fernandes chegava em casa.



De acordo com a polícia, o ajudante chegava em sua casa de carro, na Rua Euclides Valentin Cestari, quando ao desembarcar do veículo para abrir o portão da garagem, foi atingido por vários tiros na região da cabeça. Ele caiu em frente ao veículo.

Equipes da Polícia Militar foram acionadas. Ao chegarem ao local, encontraram Fernandes já sem vida.

A Polícia Civil e a Polícia Científica realizaram trabalhos de perícia e investigação no local.

Segundo pessoas próximas à vítima, Fernandes tinha desacordos comerciais com um cabeleireiro e dizia ter medo.

A irmã da vítima relatou aos investigadores que o ajudante de pedreiro não conseguia ver os filhos por desavenças com o namorado da ex-mulher.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Americana. O crime foi registrado no Plantão Policial de Sumaré e a motivação é investigada, bem como a autoria do assassinato.