Corpo de Isis Helena é resgatado em cova às margens do Rio do Peixe; mulher que gerou a bebê confessou local onde enterrou

A Funerária resgatou o corpo da pequena Ísis Helena, que estava enterrado ao lado do Rio do Peixe, no bairro rural das Duas Pontes. Foram mais de 50 dias de angústia, para familiares e para aqueles que ainda sonhavam em encontrar a bebezinha com vida.



Jenifer, a mulher que gerou Isis, confessou ontem e mudou a história de que havia jogado o corpo no rio. A Polícia Civil foi ontem no final da tarde com a Jenifer, e ela mostrou onde estava.

Foi a própria Jenifer Natália Pedro que indicou à polícia o local no qual a criança foi enterrada.

Equipes da Defesa Civil, da GCM (Guarda Civil Municipal), investigadores da Polícia Civil e o delegado seccional José Antônio Carlos de Souza foram ao local nas primeiras horas da manhã.

Após alguns momentos de buscas, o IC (Instituto de Criminalística) de Mogi Guaçu foiacionado. A confirmação da localização docadáver veio logo em seguida.

Jenifer está presa preventivamente e é acusada de falsa comunicação de crime, homicídio doloso e ocultação de cadáver.