Gaeco e PM cumprem mandados contra facção responsável de comandar tráfico em Monte Mor

Equipes do Ministério Público (MP), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) estão cumprindo nesta manhã (17/9) cerca de 30 mandados de prisão temporária e de busca e apreensão em Hortolândia, Monte e Campinas e, segundo informações os alvos são suspeitos de ligação com tráfico de drogas e integrarem uma organização criminosa que age dentro e fora dos presídios.

A operação conta com a participação de equipes do 10º Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep), sediado em Piracicaba, e da Força Tática da Polícia Militar. Há informação que armas e celulares foram apreendidos, mas como os trabalhos estão em andamento autoridades ainda não divulgaram número de prisões ou precisaram quantidades de s apreensões.



Os mandados foram expedidos pela 1ª Vara Criminal de Monte Mor e suspeitos presos e produtos apreendidos devem ser apresentados em delegacias de ao menos duas cidades da região. Segundo o MP, a operação foi batizada de “Kontakti”, que seria referência a função de alguns dos suspeitos na organização, que era organizar contatos de criminosos de dentro de presídios e os em atuação nas ruas.

À princípio, os suspeitos devem responder por formação de quadrilha e associação para o tráfico, mas alguns podem ser autuados em flagrante por outras acusações, tais como porte ilegal de armas e tráfico de drogas, dependendo das apreensões que ocorrerem no cumprimento dos mandados de busca.